31/08/2016

Hoje é dia do Blog, bebê!

"Quantas coisas deixamos de encontrar por medo de nos perder?
A rosa que vos espera pode exalar perfume que sobressai os espinhos.
Quantas vezes esquecemos que crer também é descrer?
E ainda assim, por temor da sorte, cortamos caminhos.
É que tu fechas as portas, as janelas, pedes vento, inda choras.
Enquanto a brisa chega em ti, e tu nem vês, tu só imploras."


A data foi escolhida por seus números 31/08 se assemelharem à palavra Blog.


          Sempre fui apaixonada pela arte de agrupar as letrinhas e transformá-las em texto. Quem nunca gostou tanto assim de um brinquedo? Escrever é divertido, faz bem e é de graça.

          Assim que descobri que 31/08 foi instituído informalmente o dia do blog, quis falar sobre um blog que possui uma autora tão intensa quanto eu e, pesquisando um pouco sobre isso, descobri também que no dia do blog é costume falar sobre algum outro blog que se ache interessante.

         

Sem Quases - Blog de Vanessa Brunt.

          

          Vanessa Brunt a autora, não é desse mundo, não! Ela me faz perceber que a arte da escrita para ela é tão imprescindível quanto é para mim e é isso o que me encanta em seu blog.

          Brunt também é vlogueira, possui um canal no youtube com o mesmo nome: Sem Quases. Mas os vlogs do youtube ainda fazem parte de uma área pouco explorada por mim, então eu tenho acompanhado um pouco melhor o trabalho dela no blog, uma vez que, qualquer coisa que ela escreva é maravilhoso de se ler.

          Ela dá um retorno bem bacana quando expressamos quaisquer opiniões sobre ela ou sobre seu blog. Isso nos dá a satisfação de ter a sensação que o autor daquilo que a gente gosta de ler, está mais próximo de nós. A humildade e carinho com que ela retribui cada elogio é sensacional.

          Sem Quases conta com um acervo refinado e sobretudo diferenciado de dicas de músicas, decoração, estilo, beleza, filmes, séries, aplicativos, programas e livros. Dá gosto ver que em uma sociedade tão superficial, imediatista e vazia, jovens como Vanessa Brunt se interessem por um conteúdo tão nobre e marcante. 

          O blog nos dá boas referências e a forma como a autora expressa suas opiniões sobre tudo o que assiste, ouve, lê ou vivencia, também é muito bem colocada. É exatamente por isso que eu destaco esse blog neste dia. Pela forma como a autora escreve suas postagens que falam sim sobre alguns assuntos também falados em milhares de outros blogs, porém de uma forma completamente rica e distinta. 

          Em todas as postagens do blog a autora se aprofunda nos temas oferecendo uma leitura recheada de boas informações tornando o blog um espaço especial e singular. O que nos prende é a forma como ela consegue expressar-se e revelar através da escrita, sua alma autopoiética.



 Escrever é pois “mostrar-se”, dar-se a ver, fazer aparecer o rosto próprio junto ao outro. [Foucaut em A escrita de si].


          Ao expor seu vocabulário aprimorado em seus textos que fazem seu blog ser um diferencial, Brunt revela seu carisma, intensidade e sabedoria. Costumo dizer que pessoas assim eu gostaria de ler tudo, até aquilo que eu não concordo ou que me seja fútil como a lista do supermercado, por exemplo.

          Na verdade, não estou sendo assim tão despretensiosa ao falar do Sem Quases, não! Preciso com veemência tecer minha crítica sobre ele, uma vez que almejo alcançar a compreensão de quem ler essa postagem, do quanto ele é interessante e que o blogs pode sim ser um espaço de contribuição social muito importante, onde existem pessoas que se ocupam em buscar conteúdo de valor para mostrar e expressar a outros. É de blogs com essa dimensão que a gente precisa.

          Brunt não pode omitir seu talento aos seus leitores e nos privar do mergulho no mundo esplêndido que é a sua mente, onde produz seus pensamentos e transcreve ao blog de forma tão enérgica. Carecemos de profundidades. Chega de superficialidades! Mentes que são recipientes rasos, produzem palavras vãs e estas não nos alimentam. As pessoas andam desnutridas de conhecimento e palavras vazias não contribuem para uma mente saudável. Sem Quases é para todo tipo de público, agrada qualquer faixa-etária, alcança a todos.

          No blog Brunt fala sobre seu livro "Entre Chaves", é o presente que ela nos dá em eternizar seus pensamentos, poemas, reflexões e críticas sobre questões sociais que comumente nos cerca. 



           A criação do blog surgiu a partir de sua necessidade em compartilhar conteúdos que ela julga interessantes, que nos fazem refletir e principalmente pelo fato dela gostar de analisar as entrelinhas e enxergar lições em cada detalhe. Essa é a característica de todo poeta: a paixão pelo belo, a atitude de contemplação frente aquilo que realmente é relevante e faz a diferença neste mundo. Para quem gosta de poesia é um prato cheio. Tem muita coisa expressiva e delicada.


          

         O que faz do blog de Brunt um espaço tão especial, é o fato de que na vida de um poeta existe uma entrega completa e total a todas as coisas. Ele não consegue viver sem realizar cada ação mínima de forma bela e poética. Ele não consegue doar-se sem que essa entrega seja por inteiro. Portanto, o blog de Vanessa Brunt é aquilo que ela própria é: Sem dúvidas, Sem Meios Termos, Sem Talvezes, Sem Quases...

2 comentários:

  1. Oiiii! Vim aqui visitar seu cantinho também, uai!
    Tudo bem? Caramba moça, você escreve bem! Adorei sua forma de demonstrar seu amor pela escrita, e de certa forma todos nós blogueiros e blogueiras temos uma paixãozinha por isto né? As pessoas costumam dizer que eu escrevo bem, mas nao acho. Eu acho que você escreve muito bem, então não deixe esse encanto se perder e siga adiante! :D
    o/
    Adorei conhecer o seu cantinho!

    Memórias de uma Guerreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, flor! receber elogios de pessoas como você é muito significativo. Seu blog tem um diferencial e é simplesmente apaixonante. Espero um dia falar também sobre o mundo fantástico que é o seu cantinho. Bjs!

      Excluir