28/04/2015

Véspera de um Encontro Eterno



Ainda que chuvoso meu dia se tornou mais incrível


Assim que abri a janela e seu sorriso iluminou toda a paisagem.


Convido ele para entrar ou vou ao seu encontro?


Prefiro pular a janela e jogar-me nesta imensidão terrestre.


Vibro em deslumbre com esta maravilha que me acalma.


Não fales, só sorria! Como não te amar se tu não paras de sorrir?


Agora, anseio pelo corpo que me aquece em um afago


Ficaria toda eternidade submersa em teu abraço.


Me arrepia lembrar que brevemente esses lábios que sorriem


Essa boca que me energiza, esses braços que me tranquilizam


Estarão entregues a mim em um pacto perpétuo...


Te vais e eu volto à janela contorcendo o corpo de saudade


Só volto a suspirar quando encantada tento imaginar


A perfeição que vai ser ver esse teu sorriso me esperando no altar.

4 comentários:

  1. Que lindo!
    Bravíssimo!!!
    Tudo com muita harmonia.
    Falou do sorriso, do encanto de um sorriso, e o final foi de acordo com o tema.
    Tudo muito bem harmonizado. Parabéns, gosto de leituras que dá para entender, que não tem muita confusão. Você usou a simplicidade, e a beleza foi o resultado dos teus pensamentos.Bjsssss
    Te espero lá no blog
    http://katiamagaldivulgacoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Incrível esse texto! Sabe quando você lê algo que te faz até mesmo respirar de modo diferente? Foi assim que me senti lendo seu post.
    A simplicidade, e a verdade que constituem esse texto foram as maiores causadoras de sua perfeição.

    http://eujovemdemais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto e seu blog! www.blogdavine.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que arraso!!!!
    Adoro tudo que vc escreve!!
    E amei esse texto

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir