12/05/2015

Desconforto



Enquanto tua angústia derretia por teus olhos
Querendo transferir a mim os teus pesaresas
Provando o materializado líquido de tua dor
Salgada lágrima sorvi em tua face doce

Queria eternizar este momento encantado
Em que estou próximo a teus lábios
Ainda que prová-los não pudesse jamais
Constituir-se em um desejo que viria a ser realizado

Mas eu devo afastar-me antes que
Faça de tua boca uma extensão da minha
E não me cabe ser usada se sou usada
Já que, somente com tua alma fragilizada
É que te tenho por perto.

5 comentários:

  1. Adorei!
    Visita o meu blogue e se gostares segue me! Deixa um comentário e eu sigo de volta <3
    Beijinhos

    http://queenssecret-anaaraujo.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Amei,muito boa,meu coração chegou a disparar.

    ResponderExcluir
  3. Lizi me liga amiga,tenho Saudades,nunca mais consegui ligar pra vc.
    Ligue pra minha casa.

    ResponderExcluir